Versão OriginalMenu
Nova News | 11 de Outubro de 2017 07h42

PMA de Bataguassu recolhe animal ameaçado de extinção que foi atropelado na MS-395

Tatu-canastra será empalhado e usado em aulas de educação ambiental

Imagem: Divulgação/PMA

Policiais militares ambientais de Bataguassu receberam, nesta segunda-feira (09) um tatu-canastra, animal este que está na lista brasileira de espécies em extinção. Ele estava sendo socorrido por populares em virtude de ter sido encontrado atropelado na rodovia MS-395, entre Bataguassu e Anaurilândia, porém, chegou ao quartel já sem vida.

O tatu, que pesa 36 quilos, foi congelado e será encaminhado para Campo Grande, onde será empalhado a fim de servir como material para aulas de educação ambiental, em uma oficina denominada Museu da Fauna.

Segundo a Polícia Militar Ambiental, o canastra é o maior e mais raro dos tatus. Pode medir mais um metro de comprimento, ter mais de 50 centímetros de cauda e pesar até 60 quilos.  

Mais de Região

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma DothNews